Noticias RBCE

Veja no YouTube os vídeos da RBCE    https://www.youtube.com/channel/UCugCOjetHFByWJgvsLs6JKA

 

 CONASS Armando De Negri Filho:

   O papel do hospital na Rede de Atenção à Saúde

    Elementos para pensar uma Agenda estratégica para o SUS Leia mais…

 

 

 Em entrevista à Rádio FENAM, o coordenador geral da Rede Brasileira de Cooperação em Emergência, Dr. Armando De Negri Filho, falou sobre o panorama dos setores de urgência e emergência existentes no país.
 
A violação dos direitos humanos no setor, o índice de mortalidade acima do tolerável e medidas que podem ser tomadas para solucionar o problema também forma abordadas.

A Prefeitura de Canoas e o Sistema de Saúde Mãe de Deus – que administra o HPSC, o Hospital Universitário, além da UPA Caçapava e as do Bairro Rio Branco – realizam, nesta quinta-feira (31), o “Seminário Redes Assistenciais – O presente e o futuro do SUS”. O objetivo é discutir ações que possam amenizar as tradicionais difuculdades apresentadas no setor. O evento, que ocorre no auditório do Colégio Maria Auxiliadora, reúne especialistas e autoridades estaduais e nacionais no debate dos temas: Fundamentos e Modelos de Redes Assistenciais para o SUS, Linhas de Cuidado e A Realidade e o Futuro das Redes no Brasil. A intenção do seminário é estimular a integração entre agentes públicos e não estatais na formatação de sistemas capazes de compreender e atender as diferentes demandas da comunidade. Investimentos Representando o prefeito Jairo Jorge, a vice prefeita Beth Colombo destacou que a saúde sempre foi uma preocupação da atual administração e por isso há tantos investimentos da prefeitura nessa área. Beth citou a abertura do Hospital Universitário, que atende 70% pacientes do SUS, e o bom atendimento no Hospital de Pronto Socorro, que é hoje referência regional em traumatismos. “Estamos sendo referência para o estado e até para o Brasil”, finalizou. 

Para o palestrante Armando De Negri, do Laboratório de Inovação em Gestão e Regulação de Sistemas, Redes e Serviços de Saúde – Hospital do Coração em São Paulo, é preciso ver o funcionamento das redes de atenção básicas dentro de uma estrutura maior, do contexto do sistema universal de atendimento no Brasil. “ Os nosso serviços de saúde ainda precisam ser melhor qualificados. Para isso, precisamos investir em planejamento e estratégicas”, finaliza.

A saúde em Canoas O primeiro debate, que abordou o tema Fundamentos e Modelos de Redes Assistenciais para o SUS, contou com a presença do secretário de saúde de Canoas, Marcelo Bósio, e do superintendente do Grupo Hospital Conceição, Carlos Eduardo Nery Paes. Marcelo Bósio citou os bons resultados em Canoas originados com a aproximação do público e do privado na área da saúde, referindo-se aos hospitais e as UPAS. Através de uma apresentação, em data show, Bósio mostrou a distribuição da rede de atenção básica e de urgência e emergência na cidade, bem como os avanços nos últimos anos. Ele destacou a ampliação dos horários de atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento e o aumento das equipes de Estratégia Saúde da Família, que deve proporcionar a cobertura de 70% da cidade ainda em 2013. O secretário também destacou as novas medidas na área da saúde, como a informatização de toda rede de atendimento, a implantação do programa Nascer Canoas, voltado a gestantes, e a elaboração do Plano Municipal de Saúde Participativo, que conta com o apoio da população para identificar possíveis dificuldades, devendo qualificar mais o atendimento à saúde no município.

Confira!

http://ivovereador.blogspot.com.br/2013/10/seminario-debate-presente-e-futuro-do.html